Ruas, delegacias e outros órgãos públicos são beneficiados com os projetos da Energisa

Cidades do Mato Grosso do Sul, Paraíba e Rondônia foram beneficiadas na terceira etapa dos Projetos de Eficiência Energética (PEE) que a Energisa vem concluindo nas últimas semanas. Sistemas de iluminação pública, delegacias, órgãos públicos e até um shopping center foram selecionados pela última Chamada Pública, que são regulamentadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

No Mato Grosso do Sul foram cinco projetos, em três cidades: a capital Campo Grande, Douradina e Glória de Dourados. Só no estado os investimentos superam R$ 1,1 milhão.

Em Campo Grande a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos e a Companhia da Polícia Militar tiveram lâmpadas e luminárias convencionais substituídas por modelos mais eficientes, em LED, além de substituição de equipamentos de ar-condicionado antigos por modelos mais novos e equipamentos de refrigeração por modelos com selo Procel de Economia de Energia. A capital ainda foi beneficiada com a substituição de lâmpadas e equipamentos de ar-condicionado na Agência de Previdência do Mato Grosso do Sul: só nela foram substituídas 927 luminárias e lâmpadas e 109 equipamentos de ar-condicionado por modelos mais eficientes.

Em Douradina e Glória de Dourados os investimentos foram no sistema de iluminação pública: na primeira foram substituídas 98 luminárias com lâmpadas de descarga em alta intensidade e seus respectivos reatores por luminárias em LED; na segunda, foram 200 os equipamentos substituídos.

Segundo Thiago Peres de Oliveira, Coordenador de Eficiência Energética do Grupo Energisa, a substituição de lâmpadas antigas por modelos em LED gera economia de energia, mais segurança, por iluminarem mais, e proporcionam maior conforto térmico aos usuários. “Todos esses benefícios vão em direção da sustentabilidade, um pilar importante dentro da nossa área de Eficiência Energética”, diz.

Na Paraíba a cidade de Pocinhos recebeu R$ 300 mil para substituir 237 luminárias das principais vias da cidade por modelos LED. A Energisa estima economia de 148,96 Mwh por ano, suficiente para abastecer 62 residências que consomem 200kWh/mês.

Porto Velho, capital de Rondônia, também ganhou lâmpadas mais eficientes, seguras e sustentáveis nas ruas: foram 196 unidades substituí­das por luminárias LED nas principais ruas da cidade. O Porto Velho Shopping, também na cidade, assinou um contrato de desempenho com a Energisa no qual 313 lâmpadas convencionais foram substituídas por modelos LED. O investimento de R$ 377 mil, neste caso, por ser um cliente privado, foi feito por meio de financiamento.