Obras de ampliação do equipamento são concluídas, beneficiando 8 mil agricultores em uma das principais regiões produtoras do estado

Morador da zona rural do município de Jaru, José Luiz de Souza lembra dos tempos em que, se quisesse beber uma água gelada para se refrescar do calor, tinha de andar alguns quilômetros até o vizinho mais próximo. “Aqui era escuridão”, afirma Souza. “Quem já morou num lugar sem energia, e hoje está morando como nós, sabe que muda, e muito, para melhor.”

A costureira Nucinelia de Souza Fonseca de Paula também se lembra de quando tinha de esperar o horário certo para exercer sua profissão. “Quando a gente chegou aqui, tinha energia, mas nós mesmos que colocamos”, afirma Nucinelia. “Só que, por ser ‘rabicho’, falhava muito”. Com a chegada da Energisa, sua vida mudou. Agora, ela pode costurar à vontade, quando quiser. 

Souza e Nucinelia são apenas alguns dos beneficiados pelas obras do Energia que Transforma em Jaru. A Energisa ampliou a capacidade da subestação da cidade, garantindo um abastecimento de qualidade em toda zona rural. 

A região é um importante polo de produção agrária em Rondônia. Garantir energia de qualidade para os clientes rurais, especialmente os agricultores familiares, responsáveis por 80% da produção rondoniense, é um dos maiores objetivos da Energisa. “O agronegócio é uma força importante da nossa economia, um forte gerador de empregos, e identificamos uma carência muito grande quando chegamos ao estado há um ano e meio”, afirma André Theobald, diretor-presidente da Energisa Rondônia. 

Em todo o estado, são cerca de 120 mil clientes rurais. O investimento da Energisa na infraestrutura de distribuição de energia no estado, como a ampliação de Jaru e a nova unidade de Alvorada do Oeste, estão permitindo novas ligações e a ampliação da oferta de energia para agricultores familiares e indústrias do agronegócio. “Só em Jaru, foram 8 mil clientes rurais impactados. Em breve, vamos atender a região das subestações de Nova Dimensão, São Miguel, Seringueiras, São Francisco, São Domingos e Costa Marques, outros polos importantes de produção, como o leiteiro”, afirma Theobald. 

Energisa também leva tecnologia para o campo

A infraestrutura que a Energisa está levando para todas as regiões do estado de Rondônia também conta com tecnologia de ponta. Foram instalados equipamentos de proteção que permitem a visualização da rede pelo Centro de Operação Integrada, que fica em Porto Velho. “Conseguimos identificar eventuais defeitos e muitas vezes corrigir de forma remota. Isso é importante porque muitas localidades ficam em áreas de difícil acesso para as equipes”, explica Filipe de Oliveira, gerente do Departamento de Manutenção da Transmissão da Energisa Rondônia. 

Nem a pandemia foi capaz de parar as obras. Para continuar beneficiando a população, a concessionária ajustou a execução dos trabalhos para seguir todas as normas de higiene e segurança, sem interromper os projetos. “O estado esperou muito por essas obras, que serão fundamentais para a recuperação da economia pós-pandemia”, ressalta Oliveira. 

Confira mais depoimentos de moradores da zona rural de Jaru que tiveram suas vidas transformadas com a chegada de uma energia de qualidade:

Vídeos: