Por meio de chamada pública, Energisa viabiliza investimento de R$ 2,4 milhões em em Porto Velho, com instalação de 1.400 lâmpadas LED.

Manter o sistema de iluminação pública atualizado ajuda a economizar recursos públicos. É o que afirma Talis Henrique de Sousa, coordenador de Eficiência Energética da Energisa Rondônia. Ele explica que, este ano, a empresa participou de uma chamada pública feita pela Prefeitura de Porto Velho para atualizar as luminárias da cidade. “O objetivo é levar iluminação mais eficiente e reduzir a conta de energia da prefeitura com relação à Iluminação Pública”, diz Sousa. 

Em Porto Velho, o investimento foi de 2,4 milhões de reais e envolveu a troca de mais de 1.400 lâmpadas. Estão sendo contempladas as avenidas Jorge Teixeira, Imigrantes, Rio Madeira e Guaporé. Mas, a capital não foi a única cidade contemplada. atendida por esse programa. Outros 17 municípios já receberam investimentos em iluminação pública que somam mais de 20 milhões de reais, o que permite uma economia de quase R$ 4,5 milhões nas contas de luz dos municípios. A troca das luminárias faz parte do Programa de Eficiência Energética. Trata-se de um investimento que a concessionária faz para que os clientes tenham redução na conta de energia. Os recursos para o programa são é regulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Fazem parte do programa as iniciativas:

. Nossa Energia, que substitui lâmpadas e geladeiras dos clientes baixa renda e instituições nas comunidades vulneráveis.

. Instituições filantrópicas, que investe em projetos de eficiência para instituições como Família Casa Rosetta e Hosp. Santa Marcelina.

. Iluminação Pública, em que a concessionária substitui luminárias ineficientes por luminárias LED, gerando economia para o município.

A responsabilidade sobre a Iluminação Pública é das prefeituras. O papel da Energisa, nesta chamada pública, é de identificar oportunidade de economia de energia por meio da substituição de luminárias ineficientes, com potência aquém do necessário e que consomem muita energia, e instalar equipamentos LED, mais econômicos e mais sustentável. As luminárias antigas são devidamente descartadas por uma empresa especializada, pois são construídas com metais pesados que podem prejudicar o meio ambiente.

Os benefícios de se ter uma iluminação pública eficiente são evidentes. Além de embelezar as cidades, as ruas bem iluminadas trazem mais segurança à população. Um experimento realizado na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, por exemplo, mostrou que os crimes noturnos, como roubos e furtos, caíram entre 36% e 60%, dependendo da localidade e conforme o nível de iluminação. O estudo foi feito pelo Bureau Nacional de Pesquisa Econômica, em parceria com a polícia metropolitana.