Força-tarefa organizada junto a prefeituras, governos estaduais e instituições ajudaram 11 estados a reduzir o impacto da covid

Desde os primeiros momentos da pandemia, a Energisa tem trabalhado para apoiar a sociedade no combate à doença. No ano passado, o grupo tomou a decisão de organizar o movimento Energia do Bem, uma força-tarefa junto a prefeituras, governos estaduais, parceiros e fornecedores para contribuir com recursos e serviços. Mais de R$ 8 milhões foram investidos em ações implementadas em 11 estados.

Saiba mais no vídeo:

Foram doados mais de 300 ventiladores pulmonares a Minas Gerais, Tocantins, Mato Grosso, Paraíba e Sergipe. Mais de 65 mil máscaras chegaram a comunidades indígenas no Mato Grosso do Sul. E 100 toneladas de cestas básicas foram distribuídas em todas as regiões em que a Energisa atua.

Outra ação importante foi a destinação de quase R$ 2 milhões para o fomento econômico através do programa Estímulo Minas, de crédito a pequenas empresas. Também foram disponibilizadas 100 mil vagas em cursos de capacitação à distância.

Confira os principais resultados do Energia do Bem:

Unidos pela Vacina

A Energisa também aderiu ao Unidos pela Vacina, movimento da sociedade civil, liderado pela empresária Luiza Helena Trajano, presidente do conselho do Magazine Luiza, que reúne lideranças empresariais e entidades do setor privado. O objetivo do movimento é garantir a vacinação de todos os brasileiros. O Unidos pela Vacina é apartidário e visa auxiliar o poder público nos processos de negociação e distribuição dos imunizantes — não é uma iniciativa que busque a compra de vacinas pelo setor privado.

Uma das ações associadas ao movimento foi a doação de geladeiras para a conservação dos imunizantes no transporte e no posto de vacinação, até a sua aplicação. Em Mato Grosso, foram disponibilizadas 97 geladeiras, que beneficiaram 81 municípios. Em Rondônia, foram 107 equipamentos, destinados a 52 cidades. Iniciativas semelhantes estão sendo conduzidas nos 11 estados em que a Energisa atua.

Em vídeo, Delania Azevedo, coordenadora de investimento social da Energisa, comenta os esforços para garantir a vacinação a todos e a todas. Confira: