A qualificação de mão de obra e a geração de empregos é uma das principais ações da Energisa. A empresa firmou parcerias com Sesi/Senai e Unesco para investir na capacitação de trabalhadores e gerar melhores oportunidades de inserção no mercado de trabalho. Para isso foram criados os projetos ‘Escola de Energia’ e ‘Geração Energia’. A primeira iniciativa já capacitou mais de 400 trabalhadores como eletricistas e eletrotécnicos nos laboratórios do Senai em Porto Velho, Ji-Paraná e Vilhena. Esses espaços foram modernizados pela Energisa com investimento de R$ 900 mil para atender as demandas de formação de um mercado de trabalho  cada vez mais exigente. A intenção é formar mais 300 técnicos até março de 2020.

Já o programa ‘Geração Energia’, lançado em novembro, está mobilizando 500 jovens de 16 a 29 anos de Rondônia para receber qualificação profissional e acesso ao Educação Livre, programa da Unesco e do Sesi, que concede a jovens em situação de vulnerabilidade social qualificação profissional seguida de inserção no mercado de trabalho. Os 500 jovens mobilizados passarão por cursos online e sessões presenciais de aprendizado. Ao final, 135 serão selecionados para cursos de capacitação mais específicos e poderão ser contratados para trabalhar na distribuidora de energia do estado. As formações disponíveis são de eletricista de rede, leiturista e aprendizagem industrial, além de assistentes administrativos.