Várzea Grande recebe mutirão. Avenidas principais de mais de mil pontos com fios irregulares.

A Energisa realizou um Workshop com operadoras de telefonia, tv a cabo e internet, para detalhar o planejamento da empresa para limpeza de postes com fios em excesso. Ao todo, foram convidadas mais de 130 empresas que possuem contrato com a distribuidora. A concessionária de energia é responsável pelos postes, porém, cede o espaço para as empresas de telefonia e internet por meio de contratos que seguem as regras estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica e pela Agência Nacional de Telecomunicações. A partir disso, as instalações e manutenções dos cabos de telecomunicação passam a ser de responsabilidade das operadoras.

Para poder fazer a regularização nasceu o Projeto Sinergia, que é realizado pela Energisa em parceria com o Poder Público de cada município e as operadoras. A primeira ação foi iniciada em Cuiabá e o próximo destino é Várzea Grande. “A ideia foi fazer essa aproximação e sempre trabalhar em conjunto. Estamos em um momento em que o mercado está aquecido neste setor e, com o aumento dessa demanda, os postes estão ficando sobrecarregados. Por isso, essa ação em conjunto é de extrema importância, o serviço é prestado com mais qualidade e o crescimento é feito de forma ordenada”, explica Cesar Seixas Salomão, engenheiro de distribuição na Energisa Mato Grosso.

O mutirão de limpeza de fios irregulares de telecomunicação em Várzea Grande está previsto para ser iniciado no dia nove de maio. A ação será realizada nas avenidas principais da cidade, iniciando pela Couto Magalhães, depois sucessivamente, Alzira Santana, Filinto Muller, Arthur Bernardes e Salin Nadafnas Avenidas. A previsão é que seja trabalhado um mês em cada avenida. “O nosso projeto continua e, dessa vez, estamos em Várzea Grande. Junto com a prefeitura, nós identificamos lugares estratégicos para fazer a regularização e a limpeza. Mais de 500 postes estão mapeados para a nossa equipe”, comenta Cesar Seixas Salomão.

Na área em que o trabalho será realizado foram encontradas 1100 irregularidades nos cabos das operadoras. No início de abril, a equipe enviou quase 90 notificações, com prazos definidos, solicitando a mobilização, identificação e regularização dos fios e cabos, evitando o rompimento do serviço de telecomunicação. A partir de agora, o que está fora do padrão será retirado. Em Cuiabá o mutirão é realizado no Centro.