Projeto Sinergia vai limpar o centro da capital de emaranhado de fios e convoca operadoras de telefonia, cabo e internet para mutirão

A Energisa iniciou no dia 21 de março um mutirão para fazer a limpeza de cabos de telecomunicação no centro-sul de Cuiabá. As equipes partiram da praça Oito de Abril sentido Avenida Isaac Póvoas. A previsão é de que durante um mês e meio as equipes percorram as principais vias da região, entre elas Getúlio Vargas, Treze de Junho e parte da Barão de Melgaço. Toda a rota foi definida junto com a Prefeitura Municipal. O projeto faz parte de um movimento da concessionária chamado Sinergia, que busca a cooperação de empresas que usam os postes para passagem de fios. O objetivo é atender a população, limpar o estado dos emaranhados de fios, reduzindo a poluição visual e principalmente os riscos de acidente. As empresas foram notificadas em fevereiro pela Energisa, que deu o prazo para que todas fizessem as adequações e identificações necessárias. Agora é hora de remover o que ainda ficou para trás.

Imagem de um mapa de bairros em Cuiabá com a região centro-sul destacada em amarelo.

“Nós queremos nosso estado bonito e os cidadãos satisfeitos e para que isso aconteça precisamos de um esforço conjunto. A Energisa está agindo já foram fiscalizados mais de 250 mil postes e até dezembro serão cerca 520 mil postes fiscalizados em todo o estado. Esse trabalho fica mais fácil com a cooperação das empresas de telecomunicação, que estão sendo convidadas para esse grande mutirão de limpeza. Ganha todo mundo. A remoção vai ser mais assertiva. A segurança vai melhorar e a sociedade vai ver um espaço muito mais organizado”, explica o engenheiro de distribuição na Energisa Mato Grosso, Cesar Seixas Salomão.

O planejamento de fiscalização dos cabos está sendo realizado desde julho de 2021 em todo o estado. A Energisa inclusive realizou reuniões com empresas de telecomunicação apresentando o plano de ocupação e regularização e ainda abordou a importância da segurança do trabalho. As empresas fazem os contratos para compartilhar o uso dos postes, mas também precisam seguir as regras estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica e pela Agência Nacional de Telecomunicações. A concessionária cede o espaço, mas a instalação e manutenção desses cabos são de responsabilidade das empreses de telefonia e internet.

“Essa preocupação em manter o ambiente limpo deve ser constante. Não dá para gente ir lá arrumar tudo e no outro dia uma empresa voltar a cometer irregularidades, deixando fios sem uso, soltos ou baixos pendurados, e até próximos a rede elétrica Temos uma grande atenção no que se refere a segurança, a vida em primeiro lugar, zelamos pela vida de todos cuidando uns dos outros”, reforçou Cesar Seixas Salomão. 

O que fazer quando ver um fio solto

Moradores que identificarem um fio solto ou muito baixo, podem buscar um dos canais de atendimento da Energisa são: 0800 6464 196 ou a GISA no WhatsApp (65) 99999-7974. A orientação é nunca tocar nesses fios, mesmo que sejam de telefonia. Esse trabalho precisa ser feito por profissionais capacitados.