Das 10 concessionárias melhor colocadas, 5 fazem parte do grupo. Duração e frequência das interrupções estão no menor patamar da história 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou os índices de qualidade dos serviços de distribuição de energia referentes a 2020. O Grupo Energisa dominou a lista das concessionárias com as melhores notas: das 10 primeiras no ranking, 5 fazem parte do grupo. 

Um dado importante é que os níveis de frequência e duração das interrupções de energia chegaram ao nível mais baixo da história. Em média, no Brasil, o serviço de fornecimento de eletricidade permaneceu disponível por 99,87% do tempo.  

Entre as distribuidoras de grande porte, com mais de 400 mil consumidores, Energisa Sul-Sudeste, Energisa Mato Grosso, Energisa Tocantins, Energisa Minas Gerais e Energisa Mato Grosso do Sul entraram na lista das 10 melhores. As concessionárias Sul-Sudeste foram as mais bem ranqueadas, na terceira e na quinta posição, respectivamente. 

Transformando Mato Grosso 

Este é o terceiro ano em que a Energisa Mato Grosso fica entre as cinco melhores distribuidoras de grande porte do país. A melhora nos índices de qualidade é fruto de muito trabalho e investimento. Quando a Energisa chegou no Estado, há seis anos, assumiu o compromisso de contribuir para o desenvolvimento matogrossense. Ainda existiam, na época, cerca de 20 mil famílias sem energia elétrica. 

A concessionária tem transformado a vida dos mato-grossenses com uma energia de melhor qualidade e disponível para todos. Hoje, menos de 2 mil famílias vivem sem eletricidade, número que será zerado em dois anos. 

Moradora de Alta Floresta, cidade a cerca de 790 quilômetros de Cuiabá, Eliana Matos Seguro conta que percebeu a melhora da qualidade do fornecimento na sua região. “Quando estou em casa, na cidade, tem sido muito tranquilo, percebo que os problemas de falta de energia diminuíram muito. É nítida a evolução”, afirmou Eliana. “Na área rural observamos ainda casos de falta de luz, até mesmo por estar em localização com mais árvores, mas a equipe local faz o possível para resolver.” 

Para garantir o mais alto nível de serviço e de atendimento, foram investidos quase R$ 4 bilhões no estado, sendo R$ 410 milhões somente em 2020. São investimentos em obras de melhoria da rede, renovação de frota, incorporação de novas tecnologias e em capacitação profissional. E, mesmo num cenário desafiador de pandemia mundial, que impactou o dia a dia de empresas em todo o mundo, a Energisa conseguiu dar continuidade aos seus projetos de infraestrutura e encerra 2020 com grandes entregas, como a linha de 141 km que liga Vila Rica (MT) a Santana do Araguaia (PA).  

Confira nos quadros a seguir as principais realizações da Energias nesses seis anos de atuação em Mato Grosso:

Na foto, colaborador da Energisa sorri ao passar pela subestação.