Meta é eletrificar uma área de 90.000 Km², beneficiando mais de 2 mil unidades consumidoras

O Pantanal, maior área alagada do mundo, abriga uma população estimada em 3 milhões de pessoas. A região abrange parte do Mato Grosso e, principalmente, o Mato Grosso do Sul. Levar energia a todas essas pessoas é um desafio que a Energisa busca superar com tecnologia e inovação.

No início deste ano, a distribuidora aderiu ao Programa Ilumina Pantanal, idealizado pelo governo federal, que busca eletrificar, com energia limpa, comunidades isoladas pantaneiras. Serão investidos R$ 134 milhões no projeto, todo baseado em energia solar.

Assista aqui o vídeo sobre o programa que une Energisa e Governo:

Serão beneficiadas 2.167 unidades consumidoras, que atendem cerca de 5 mil habitantes. A área eletrificada corresponde a mais de 90 mil Km² nos municípios de Corumbá, Aquidauana, Coxim, Ladário, Porto Murtinho, Rio Verde e Miranda, todos no Mato Grosso do Sul.

Das residências beneficiadas, apenas 101 receberão energia via rede de distribuição tradicional. As outras 2.066 serão atendidas por sistemas de geração solar. Segundo o secretário de Energia Elétrica, do Ministério de Minas e Energia, Rodrigo Limp, é um projeto inovador que considera as características geográficas e ambientais da região do Pantanal.

“Por isso, o projeto será realizado a partir de sistemas de geração solar individuais com sistema de baterias, operando off-grid, ou seja, sem conexão com as redes de distribuição”, afirmou Limp.

Investimentos dobram em Mato Grosso do Sul

O grupo Energisa atua no Mato Grosso do Sul há 7 anos. A distribuidora atende mais de 1 milhão de unidades consumidoras, em 74 municípios e já investiu mais de R$ 1,8 bilhão em obras de infraestrutura.Destaca-se a construção de aproximadamente 100 quilômetros de linhas e cinco novas subestações, obras de ampliação e modernização das subestações existentes, aumentando em 20% a potência disponível para atendimento, além da renovação e modernização de toda a frota de veículos e melhoria nas agências de atendimento.

Este ano, a Energisa prevê investir cerca de R$ 440 milhões no estado. O valor é superior ao dobro dos investimentos realizados no ano passado. A maior parte dos recursos será empregada na melhoria da rede de distribuição, com foco na universalização do serviço.

Leia aqui o Especial Publicitário do G1 sobre os investimentos da Energisa em 7 anos de atuação em MS.