Na Energisa, a participação feminina tem crescido em diferentes setores; no Brasil, a equidade de gênero ainda tem muito a avançar

As mulheres sempre tiveram um papel importante na sociedade. Mas, ainda hoje, se esforçam diariamente para derrubar muros. As empresas, por sua vez, cada vez mais têm mostrado estratégias para a adoção de políticas de equidade de gênero como o objetivo de diminuir as diferenças, seja de salários ou de oportunidades.

É o caso da Energisa, que investe de forma consistente no aumento da participação feminina em diferentes áreas e níveis hierárquicos. Na companhia, as mulheres estão em cargos de direção à vice-presidência, do setor de Recursos Humanos ao jurídico.

A distribuidora de energia também vem ampliando a contratação de mulheres nas atividades ligadas à manutenção, algo incomum no setor elétrico, predominantemente masculino, como mostra pesquisa sobre gênero, de 2019, encomendada pela Agência Internacional de Energia Renovável (Irena).  O levantamento aponta que a força de trabalho feminina no mercado de energia responde por cerca de um terço do total (32%). 
No Brasil, apesar de exemplos como o da Energisa, ainda há muito o que se avançar. Segundo o IBGE, mesmo com maior nível de instrução do que os homens, as mulheres ocupam apenas 37,4% dos cargos gerenciais e recebem 77,7% do rendimento dos homens.

Por outro lado, o levantamento “Women in Business 2020”, realizado pelo International Business Report da Grant Thornton, aponta que 34% dos cargos de liderança em empresas de médio porte no Brasil são ocupados por mulheres – acima da média global, de 29%. Desde 2011, no entanto, a relação entre os gêneros aponta para o crescimento feminino em nível global.

A partir do destaque o tema liderança feminina tem ganhando no ambiente corporativo, o escritório Tozzini Freire Advogados reuniu, em julho de 2020, um time feminino no webinar Mulheres de Energia – a modernização do setor elétrico após a pandemia. 

Neste mês, que celebra a importância das mulheres na sociedade, o Portal Energisa Juntos vai publicar a cada semana uma entrevista com uma liderança feminina da companhia. Fique de olho.