A confiança é a base do nosso serviço. Os leituristas da Energisa sãoidentificados por crachás e chegam uniformizados a cada 27 ou 33 dias. A leitura pode ser acompanhada por qualquer cliente. Se o seu relógio não for digital e o ponteiro estiver entre dois números, o leiturista anota o menor número. Em algumas residências, é preciso abrir a porta para se ter acesso ao medidor.

Se não for possível realizar a leitura, por falta de acesso ao medidor ou por defeito do aparelho, a conta do mês será calculada de acordo com média no consumo dos últimos doze meses. Esse é o chamado faturamento por média, que só pode ser feito por três meses consecutivos. No quarto mês, se o problema não estiver resolvido, a Energisa é obrigada a adotar o chamado faturamento pelo mínimo, em que é cobrado apenas uma taxa referente ao consumo mínimo determinado pela Aneel. Esse tipo de cobrança persiste até que a leitura possa ser realizada novamente.