Empresas de Minas Gerais, do Mato Grosso do Sul e da Paraíba compartilham serviços como o de atendimento ao cliente, e fornecem pessoal capacitado para unidades mais recentes, como as do Acre e Rondônia.

Layne Souza é operadora no Centro de Operações Integradas (COI) da Energisa na Paraíba e também foi para a cerimônia em Brasília, onde recebeu o prêmio de melhor distribuidora de Energia do país. Além do troféu, quase voltou para casa com uma vaga no Acre, onde vários de seus conterrâneos estão ajudando a transformar a infraestrutura elétrica do estado.

No táxi, a caminho da premiação, Layne pôde conversar com José Adriano, diretor-presidente da Energisa Acre, que contou que havia levado 7 colaboradores da Paraíba para o Departamento de Operações do Acre, e que tinha acabado de saber que a transferência do oitavo já estava aprovada:

– A experiência de vocês tem sido muito importante para fortalecer nossa operação. E estados como Acre e Rondônia, onde estamos transformando a infraestrutura elétrica, são uma oportunidade para quem quer crescer na carreira – disse José Adriano.

O resultado na premiação das melhores distribuidoras do país coloca o Grupo como o mais bem avaliado do país, vencendo 8 de 15 categorias da premiação (55% das categorias, das quais 2 nacionais). O Grupo levou um prêmio a mais do que no ano passado. Foram 4 distribuidoras vencedoras da Energisa em 2022: Paraíba, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Tocantins.